Total de visualizações de página

Só Jesus Cristo salva!

terça-feira, 14 de junho de 2016

Ameaçados mais não derrotados

    Estudo no Salmo 91
Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.
Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.
Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.
Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.
Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,.
Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.
Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.
Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.
Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.
Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.
Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.
Salmos 91:1-13
Introdução
Quando ameaçados pelo perigo tanto as pessoas como os animais tendem a buscar de imediato seu escape naquilo que sua mente elabora. Às vezes procuram isolar da sociedade, fugindo dos familiares e amigos, tem ate aqueles que mudam de endereço; os animais também procuram seu escape ao sentir se ameaçados, eles acabam reagindo ate de forma muito estranha. O perigo pode ser extremamente real; as ameaças podem vir das forças humanas, da natureza, do reino animal, e diverso. No reino animal ao se sentirem ameaçados, apresentam métodos diversos para se defenderem, chega até atacar outra espécie, seja para se defender, proteger os filhotes ou caçar. Já outros fogem ou enfrentam fisicamente o oponente.  
O Possum é uma espécie de esquilo, se fingi de morto, ele cai no chão e fecha os olhos, ao ser ameaçado.
O tatu-bola tem dois trunfos: pode se enrolar como bola em um instante, fazendo um barulho que assusta o predador. E, ao contrário do que se poderia pensar, ele não fica lá parado em forma de bola. Pode se mover e se move, rolando para longe do perigo.
O porco-espinho, quando o predador se aproxima, ele balança os espinhos da parte de trás do corpo (os mais pontiagudos e perigosos), fazendo um barulho que pretende afastar o inimigo.
O Arganaz, um pequeno roedo, prefere fugir de seus inimigos correndo muito. Quando isso não é possível, no entanto, ele tem uma última alternativa. Quando o predador o agarra pela cauda, ele simplesmente livra-se dela e foge. Mas essa é uma alternativa extrema, porque a cauda não se regenera. Uma vez perdida, a cauda não volta, por isso essa fuga só pode ser usada uma vez na vida do pequeno roedor.
O gambá exala para se defender quando está ameaçado, ele solta o seu fluido com impressionante força e precisão.
O gato ao ser ameaçado, ou ele foge ou se arrepia todo em defesa.
De acordo com o Salmo 91, ao sermos ameaçados, temos uma autodefesa, ‘Deus, o Protetor’, aquele que livra do perigo. O perigo pode ser extremamente real. As ameaças surgem de onde menos esperamos, elas podem ser espirituais, físicas, sentimentais e financeiras. Mais, e aí? Fugir é a solução? Não. Não é a solução; de acordo com o salmista ‘Deus é o nosso Deus Protetor’, aquele que protege. Devemos nos apegar a Ele.
O Altíssimo, o Lugar Seguro, o Esconderijo e a Sombra que nos protege do calor do sol. Esse sol é a luta que chega e não bate a porta perguntando se pode entrar, ela simplesmente entra e ameaça acabar com tudo; sentimos o ardor desse sol quando a enfermidade chega, quando os sentimentos ficam abalados ou indecisos e muitas outras situações ruins, nesse momento de sol a alma se oprime, angustia e desce ao fundo do poço, e olha que o poço parece não ter fundo, é preciso uma sombra para nos escondermos debaixo para não morrermos assolados. Mas ao olharmos para cima veremos um Deus que é Altíssimo e nos põe em lugar seguro, nos esconde e nos protege das ameaças que nos sobreveem e que querem nos destruir.

Ele é o nosso Refúgio e Fortaleza, nele encontramos refúgio e forças para continuar, a segurança que temos nele não é em vão, afinal Ele é o Onipotente, aquele que tem todo o poder para nos proteger.

O passarinheiro saí a procura de ninhos e quando encontra, não estando um dos pais no ninho, então rouba os ovos e filhotes para si, ao retornar a ave adulta, já não encontra mais nada a não ser algumas peninhas no ninho. Deus tem a super proteção para seus filhos, ele é como a grande avestruz que não arreda o pé do seu ninho, abre suas asas e protege suas crias, vindo o passarinheiro, ele o espanta; os filhos de Deus só saem de debaixo de sua proteção se quiserem pular fora desviando se das vistas d’Ele.
Deus cuida de nós desde o ventre de nossa mãe, tem nos protegido e dado vida, a peste perniciosa (epidemias) tem assolado os povos, mas nas igrejas evangélicas cada dia tem se ouvido testemunhos de curas e livramentos concedidos pelo Senhor.

Deus é a Verdade, é Escudo e Broquel para nós; o escudo e o broquel  protegia o soldado contra as lanças e espadas  do adversário, Deus se revela ao seu povo como sendo essa ‘Super Proteção’, a maioria dos seus livramentos concedidos a nós não nos veem ao conhecimento, somos muitas vezes poupados de saber das ciladas nojentas do inimigo contra nós, devemos agradece ló todos os dias por sua infinita misericórdia. Não precisamos ter medo das ameaças demoníacas da noite e nem de suas setas que voam de dia, nem dos demônios da escuridão e nem do espírito da morte; a nossa proteção esta em Deus o Altíssimo; ainda que saia do inferno um exercito inteiro de demônios para nos destruir, nada temeremos, pois nada nos acontecerá sem a permissão do Senhor; mil pragas de invejas e maldiçoes podem vir do lado esquerdo e dez mil do lado direito, não nos atingirá, porque os olhos do Senhor não se afasta de nós; Deus esta ciente dos acontecimentos com seus servos, até o martírio de muitos é propósito de Deus.

A Proteção do Senhor não nos da o direito de sairmos por ai fazendo coisas erradas e nem tão pouco procurando situações que desperte o livramento dele para nós; o diabo disse para Jesus lançar se do pináculo do templo por que Deus daria ordens a anjos para protege ló, teve a resposta merecida ‘não tentaras ao Senhor teu Deus’. Os heróis da fé de Hebreus onze foram sustentados pela fé, nos momentos mais provados é que viram mais ainda a mão de Deus,... Deus os protegeu tirando de tais situações e dando lhes forças para vencer.
Só pise o leão e a serpente na companhia de Jesus Cristo,faça isso e ele vencera por vós.
Conclusão
Deus tem promessa de nos guardar, tão somente confie nele, e não temas, pois ele é Deus.
Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.
Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.
Fartá-lo-ei com longevidade de dias, e lhe mostrarei a minha salvação. Salmos 91:14-16

 Por vossa irmã em Cristo Rosa Dias


Nenhum comentário:

Postar um comentário