Total de visualizações de página

Eventos Evangélicos

quarta-feira, 19 de julho de 2017

'A felicidade do justo' - Salmo 1

Salmos 1
Bem-aventurado o homem 
 que não anda segundo o conselho dos ímpios,
 nem se detém no caminho dos pecadores,
 nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, 
 e na sua lei medita de dia e de noite.
Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas,
 a qual dá o seu fruto no seu tempo; 
 as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
'O castigo do ímpio'
Não são assim os ímpios; 
 mas são como a moinha que o vento espalha.
Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, 
 nem os pecadores na congregação dos justos.
Porque o Senhor conhece o caminho dos justos;
 porém o caminho dos ímpios perecerá  


Explicando o Salmo    

Esse salmo faz uma introdução de todos os salmos, não sabemos se pura coincidência, mas ele contém instruções para uma vida melhor nessa terra, ele nos ensina a viver, orienta para caminhar corretamente, ensina a obedecer às leis do Senhor e traz esperança de uma vida feliz com Ele.
Esse salmo nos leva a escolha de dois caminhos optando firmemente por um, pois andar em dois caminhos não faz sentido. Um dos caminhos é o caminho do ímpio, esse é de escarnecedores e no final hão de perecer quem por ele andar, enquanto que o outro caminho é do justo e esse será abençoado eternamente.

Ø Características diferentes

O justo tem uma característica totalmente diferente a do ímpio; o justo é bem aventurado porque não anda... Não se detém... Nem se assenta na roda dos escarnecedores, enquanto o ímpio tem sua característica deformada diante de Deus.

As pessoas com as quais temos influencia podem guardar dentro de si um efeito negativo que se associa a perversidade e ou a bondade. O ladrão anda com o ladrão, o sanguinário anda com o sanguinário, o andarilho anda com o andarilho, o beberrão anda com o beberrão, o fofoqueiro anda com o fofoqueiro, etc. Não acontece assim com o justo, pois sua companhia é andar nos caminhos do Senhor e com Ele esta a bondade, o justo anda com o justo pois esta neste caminho e nele anda servidores de Deus e que fazem a sua vontade. O justo segue a lei do Senhor de dia e de noite e seu prazer é meditar nela e pratica lá. Josué escolheu andar corretamente diante de Deus e saiu bem.

Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.
Josué 1:8
Serviu, pois, Israel ao Senhor todos os dias de Josué, e todos os dias dos anciãos que ainda sobreviveram muito tempo depois de Josué, e que sabiam todas as obras que o Senhor tinha feito a Israel. Josué 24:31

Ø Destinos diferentes

Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. Salmos 1:3

Esse é um tipo de árvore bem sucedida, ela é prospera e saudável; sua raiz esta firme, seu caule tem vigor, suas folhas estão sempre verdes e seus frutos são saudáveis, seu destino é permanecer viva. Com o justo não é diferente, sua fé esta firmada em Cristo, sua vida é de oração constante, seu testemunho é benção para os demais e seus frutos são desejáveis pelos povos. Deus tem benção para os justos e não para os escarnecedores. Portanto o destino do justo é de vida e vida em abundancia, e é totalmente diferente do destino do ímpio.

O escritor nem se quer fez comparação entre o ímpio e a arvore ainda que seca; ele compara o ímpio  com a palha seca que o vento dispersa. Trago a memoria meus tempos de infância quando na colheita do arroz, meu pai batia o feixe no banco de madeira e o grão caia na lona, depois era ajuntado, ensacado, levado ao celeiro, limpado e por fim cozido, ao bater o feixe a palha leve era assoprada pelo vento devido a sua leviandade e o feixe seco ia para o monte onde mais tarde era queimada, essa palha leve que o vento dispersou ninguém mais a via, ela sumia e pra nada servia; o salmista compara o escarnecedor a isso, imprestável, sem valor, pra nada serve. Assim como essa palha o perverso não sairá bem no Juízo e não permanecerão juntos na congregação com os justos. O grão há de se soltar da palha no dia do arrebatamento, esse será colhido no celeiro, porém a palha será queimada.

Conclusão

O salmo mostra os dois caminhos todo jeito teremos que andar por um deles e a escolha cabe a nós. O ímpio perecerá, porém o justo será bem sucedido, pois o Senhor cuida dele. Deus garante o pago de cada um.

Mas ele disse: Antes bem aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam. Lucas 11:28

 Rosa Dias

Nenhum comentário:

Postar um comentário