Total de visualizações de página

Eventos Evangélicos

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Confiança em Deus - Salmo 3

, o açúcar e a farinha e bata bastante, depois junte o fermento, as uvas e a
Salmo 3










Senhor, como se têm multiplicado os meus adversários! São muitos os que se levantam contra mim.
Muitos dizem da minha alma: Não há salvação para ele em Deus. (Selá.)
Porém tu, Senhor, és um escudo para mim, a minha glória, e o que exalta a minha cabeça.
Com a minha voz clamei ao Senhor, e ouviu-me desde o seu santo monte. (Selá.)
Eu me deitei e dormi; acordei, porque o Senhor me sustentou.
Não temerei dez milhares de pessoas que se puseram contra mim e me cercam.
Levanta-te, Senhor; salva-me, Deus meu; pois feriste a todos os meus inimigos nos queixos; quebraste os dentes aos ímpios.
A salvação vem do Senhor; sobre o teu povo seja a tua bênção. (Selá.)


Explicação do Salmo

ü Esse salmo leva-nos a confiar em Deus plenamente, Davi se refugiava em Deus quando fugia de seu filho Absalão (I Sm 13-18).
Devemos seguir esse exemplo e confiar plenamente em Deus, não temos que ter medo do futuro e sim, descansar em Deus.

ü Davi sabia que o numero de seus inimigos estavam crescendo cada vez mais, ele soube que seus inimigos estão o cercando e zombam dele dizendo que Deus havia o abandonado, parece que vem a memoria de Davi a palavras d Simei... ‘E, amaldiçoando-o Simei, assim dizia: Sai, sai, homem de sangue, e homem de Belial. O Senhor te deu agora a paga de todo o sangue da casa de Saul, em cujo lugar tens reinado; já deu o Senhor o reino na mão de Absalão teu filho; e eis-te agora na tua desgraça, porque és um homem de sangue’. 2 Samuel 16:7,8

ü O termo ‘selá’ da se um parecer de mudança de acompanhamento musical ao entoar esse canto de numero três.

ü Seja qual for o ataque do inimigo contra nós devemos ter confiança em Deus e ele cuidará de nós; Ele nos protegera como o escudo protege o guerreiro no campo de batalha, porem enquanto o escudo protege uma so parte do corpo do soldado, Jesus nos protege por inteiro.


Lembremos de Eliseu quando confortou seu servo amedrontado, ‘E o servo do homem de Deus se levantou muito cedo e saiu, e eis que um exército tinha cercado a cidade com cavalos e carros; então o seu servo lhe disse: Ai, meu senhor! Que faremos?

E ele disse: Não temas; porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles.
E orou Eliseu, e disse: Senhor, peço-te que lhe abras os olhos, para que veja. E o Senhor abriu os olhos do moço, e viu; e eis que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu’. 2 Reis 6:15-17
Deus é o nosso Protetor e nos ajudará diante da guerra, porem é necessário orarmos a Ele pedindo a sua proteção.

ü Assim como o salmista deitava e logo pegava no sono devido a sua confiança em Deus, também devemos fazer. Muitos passam a noite em claro com medo do escuro e de espíritos malignos, mas se essas pessoas se renderem a Deus terão total segurança.

ü Por fim o salmista clama pela intervenção de Deus e humilha seus zombadores ao extremo ao ponto de pedir a Deus que lhes dê um soco no queixo e quebre os dentes deles para não falarem mais contra ele, talvez achemos que o salmista tenha exagerado em suas palavras, mas no tempo de guerra essa é uma expressão que caia bem. Contudo sabemos que nossos inimigos são os demônios e todos os dia, pedimos a Deus que os queime, amarre, expulse; devemos concordar com o salmista.

Conclusão
O livramento de Deus é evidente e na hora certa chegará, então não tem o que temer, ‘o Maior está em nós e Ele Deus’.
O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra. Salmos 34:7


 Rosa Dias







Nenhum comentário:

Postar um comentário