Total de visualizações de página

Só Jesus Cristo salva!

sábado, 4 de janeiro de 2014

As últimas coisas/Capitulo24/O Milênio /Apoc.20.



“Porque eis que passou o inverno; a chuva cessou, e se foi; aparecem às flores na terra, o tempo de cantar chega, e a voz da rola ouve-se em nossa terra. A figueira já deu os seus figos verdes, e as vides em flor exalam o seu aroma; levanta-te, meu amor, formosa minha, e vem”.  Ct. 2.11-13                                                     
Escatologia: “As últimas coisas”, estudo no livro do apocalipse. 
Índice   

24. O Milênio

Apocalipse 20
O Milênio
1E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão. V.1 João viu descer do céu, um anjo que tinha a chave do abismo e ele tinha uma cadeia (corrente) em sua mão.
A chave do abismo e a corrente são elementos simbólicos, pois é impossível haver uma chave material. Satanás, um ser espiritual, também não pode ser preso com uma corrente física.  2Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. V.2 O anjo prendeu o dragão, a antiga serpente, o diabo, Satanás.
Prender Satanás indica, portanto o controle soberano de Deus sobre ele; Satanás nunca teve liberdade4 de fazer todas as proezas dele, pois tudo esta no controle de Deus, até mesmo enviar uma alma ao inferno, só se Deus permitir. O poder do mal é temporário e só opera, mediante consentimento divino. O maligno é descrito aqui  por quatro títulos, o que deixa claro para nos com quem o anjo está lidando, não se trata de um demônio e sim do chefão deles. Depois da volta de Cristo, Satanás será preso na sua própria moradia, o inferno; por um tempo de mil anos; o motivo desta prisão é para que não atormente o povo por esse tempo. Essa prisão de Satanás pode ser a perda de poder, de ação, de domínio de suas malignidades, não conseguira dar ordens aos demônios, os quais também não poderão atormentar ninguém, na certa nenhum deles poderão sair por esse tempo do inferno, não terão poder para isso. Depois dos mil anos, ele será solto por pouco tempo, para enganar aqueles que se opuserem contra Deus.  3E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem.E depois importa que seja solto por um pouco de tempo. (no reino milenar tudo será lindo e maravilhoso, a terra voltara a ser como no princípio, um paraíso abençoado por Deus). V.3 Lançou no abismo; esse abismo não é a moradia eterna de Satanás, esse lugar é o inferno. A morada eterna de Satanás e seus seguidores será o Lago de fogo. Não engane as ‘nações’; as nações existirão durante o reino milenar na terra, são formadas pelos fiéis a Deus que estavam vivos no fim da tribulação. Na Jerusalém estará habitando os remidos (os que foram no arrebatamento e os que morreram na tribulação e foram recebidos no céu). As características do Reino Milenar.
1. foi predito no At. Is 9.6; 65.19-25; Dn 7.13; 14-22.
2. Satanás estará preso.
3. Os salvos da igreja participarão do gozo desse reino (Ap 20.4); os santos ressurretos Ez 37.11-14; Ef.2.14-22; Heb 11.13,14; os santos mártires da tribulação.
4. O povo do milênio será governado por Cristo.
5. No milênio nascerão filhos entre as familias e todos servirão a Cristo.
6. aqueles que reinarem com Cristo terão autoridade sobre todas as nações e governarão Israel e as demais nações Mt.19.28.
7. Haverá paz, segurança, prosperidade e justiça em toda a terra Mq 4.4.
8. a natureza será restaurada à sua condição original de ordem, perfeição e beleza sl 96. 11-13.
9. No fim dos mil anos muitos serão enganados por satanás e perderão a eternidade com cristo; é muito provável que estes serão a nova geração que nasceu no milênio e somente ouvirão contar a respeito do s tempos passados e talvez vão querer experimentar um novo líder, é a que se revoltarão contra Cristo.
10. No fim do milênio Jesus Cristo entregará o reino ao pai. 4E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.  5Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. 6Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos. V.4-6 Os tronos serão ocupados por pessoas que possuírem corpos ressurretos “os santos do A.T e do N.T, os santos da tribulação (que tem o selo de Deus)”, presumimos que a ressurreição dos santos da tribulação ocorrerá na Segunda vinda de Cristo (v.6-11; Tt 2-13). Significa que os santos que morrem antes da segunda vinda de Cristo terão acesso à presença real de Deus no céu com Cristo (2 Co 5.6-8; 1 Ts 4.13-18). Essas almas são distinguidas dos restantes dos mortos (os ímpios), esses só ressuscitaram depois do milênio, para julgamento de condenação.   https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQW1fw8UrP9dSMVSzx97a5baEj31ne2r8Qwjh_hbvwDCpbQtuk7DA7E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão, 8E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha. V.7-8 Assim que é solto, Satanás percorrerá a terra inteira, a fim de enganar as nações e reuni-las para uma batalha contra Cristo; ele sairá enganando as nações, talvez oferecendo um falso reino melhor do que estão vivendo; uma multidão de pessoas rebeldes, o mais provável é que esses rebeldes tenham nascido no período milenar e não conheceram o mundo anterior, só ouviram falar como era; com isso provavelmente vão querer experimentar um novo domínio melhor ainda do que o de Cristo, mas não há ninguém melhor do que Cristo, eles serão enganados por satanás; o fato de Deus soltar o inimigo mostra que o ser humano sempre teve o livre arbítrio e deve escolher o que quer servir, mostra também que o fim dos tempos esta sob o controle de Deus e não de satanás. Gogue e Magogue foram os grandes inimigos de Israel ao norte (Ez 38-39), mas em Apocalipse 20.7 eles representam todas as forças do mal contra Deus. 9E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; e de Deus desceu fogo, do céu, e os devorou. 10E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde estão a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre. O julgamento final de Satanás e das nações por Deus é certo; desce fogo do céu e consome a serpente, o eis anjo de luz, o poder de Satanás acabara então, pois Deus o lançara no lago de fogo para todo o sempre (Is 14.9-17). Ali, ele não reinara sobre os demônios e nem sobre ninguém, mas será atormentado para sempre. (Observe que não haverá mais pessoas ímpias vivas, foram todas consumidas pelo fogo e suas almas lançadas ao inferno e logo ressuscitarão para julgamento eterno e serão encaminhadas ao lago de fogo para sempre). 11E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. 12E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. 13E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. 14E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. 15E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo. O julgamento aqui descrito é chamado o ‘julgamento do grande trono branco’, abrangendo os perdidos de todas as épocas. Alguns entendem que os que foram salvos durante o reino milenar na terra, serão incluídos nesse julgamento, não para condenação, mas para galardão; isso mostra que Deus tem o controle de tudo e não deixa nada no esquecimento, Ele julgara a todos um por um segundo as suas obras. O julgamento de Deus sempre se dá com base nas obras (Mt 25.41-46; Rm 2.6); as obras são os termômetros da condição espiritual da pessoa. O julgamento revelara se as pessoas foram leais a Deus ou não. Aqueles que têm o nome inscrito no livro da vida terão também os registros dos seus atos de justiça; haverá o equilíbrio dos seus atos de justiça; haverá o equilíbrio entre a graça e o pecado. Todas as pessoas de todas as eras estarão presentes no dia do Juízo Final (Rm 2.16), uns sendo julgados e outros assistindo. Os mortos virão de três lugares: do mar, da morte e do inferno (o mar pode estar representando o lugar dos corpos insepultos, enquanto a morte e o alem simbolizam a realidade de morrer e a condição na qual se ingressa mediante a morte). Este mundo será totalmente destruído por fogo e não restara nem raiz e nem ramo.; todos os ímpios serão julgados naquele dia segundo as suas obras, a palavra julgará, enfim todos serão lançados no lago de fogo (esse ainda não foi inaugurado, não se sabe sua localização e nem se já fora construído, mas é real (também chamado tribulação e angustia Rm 2.9; pranto e ranger de dentes  2 Ts 1.9; fornalha de fogo Mt 13.42,50; cadeias da escuridão 2 Pd 2.4; tormento eterno Mt 25.46; um fogo que nunca se apaga Mc 9.43; ardente lago de fogo e enxofre Ap 19.20; onde a fumaça de seu tormento sobe para sempre e não tem repouso, nem de dia e nem de noite Ap 14.11. ‘Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus Vivo’ Hb 10.31. Devemos a cada dia pregar com lagrimas o evangelho da cruz e fazer o Maximo possível para levar as pessoas ao arrependimento e aceitarem a Cristo antes que seja tarde demais João 3.16. V.4-6 Os tronos serão ocupados por pessoas que possuírem corpos ressurretos “os santos do A.T e do N.T, os santos da tribulação (que tem o selo de Deus)”, presumimos que a ressurreição dos santos da tribulação ocorrerá na Segunda vinda de Cristo (v.6-11; Tt 2-13). Significa que os santos que morrem antes da segunda vinda de Cristo terão acesso à presença real de Deus no céu com Cristo (2 Co 5.6-8; 1 Ts 4.13-18). Essas almas são distinguidas dos restantes dos mortos (os ímpios), esses só ressuscitaram depois do milênio, para julgamento de condenação. E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão e o animal cevado andarão juntos, e um menino pequeno os guiará.
A vaca e a ursa pastarão juntas, seus filhos se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi.
E brincará a criança de peito sobre a toca da áspide, e a desmamada colocará a sua mão na cova do basilisco.
Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar.
Isaías 11:6-9
Por vossa irmã em Cristo Rosa Dias
 (62) 9188 2681   
Face book. Rosa Dias dos Anjos Carvalho
Obs: Para ir para qualquer um dos assuntos do índice ou mesmo outro tema, clique no final de cada pagina vista ¨postagem antiga¨e assim você verá todas as postagens deste blog página por página. Ou então copia o assunto do índice ou tema e cola em ¨pesquisar este blog" e clique em pesquisar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário