Total de visualizações de página

Eventos Evangélicos

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

As últimas coisas / capitulo 13 / A quinta trombeta e o primeiro Ai / Apocalipse 9.

“Porque eis que passou o inverno; a chuva cessou, e se foi; aparecem às flores na terra, o tempo de cantar chega, e a voz da rola ouve-se em nossa terra. A figueira já deu os seus figos verdes, e as vides em flor exalam o seu aroma; levanta-te, meu amor, formosa minha, e vem”.  Ct. 2.11-13                                                   

Escatologia: “As últimas coisas”.


Índice       


1. Os Sinais da segunda vinda de Cristo
2.  A Salvação
3. O Inferno
4. Os Céus
5. O Arrebatamento
6. O Bema de Cristo
7. As Bodas do Cordeiro

8. O que está acontecendo no mundo por aí?

9. A visão do Céu  

10. A Grande Tribulação
11.  Os 144.000 e a Grande Multidão
12. O Sétimo selo - o silêncio no céu

13. A quinta trombeta e o primeiro Ai


Apocalipse 9:1-12

E o quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caiu na terra; e foi-lhe dada à chave do poço do abismo.
E abriu o poço do abismo, e subiu fumaça do poço, como a fumaça de uma grande fornalha, e com a fumaça do poço escureceu-se o sol e o ar.
E da fumaça vieram gafanhotos sobre a terra; e foi-lhes dado poder, como o poder que têm os escorpiões da terra.
E foi-lhes dito que não fizessem dano á erva da terra, nem a verdura alguma, nem a árvore alguma, mas somente aos homens que não têm nas suas testas o selo de Deus.
E foi-lhes permitido, não que os matassem, mas que por cinco meses os atormentassem; e o seu tormento era semelhante ao tormento do escorpião, quando fere o homem.
E naqueles dias os homens buscarão a morte, e não a acharão; e desejarão morrer, e a morte fugirá deles.
E o parecer dos gafanhotos era semelhante ao de cavalos aparelhados para a guerra; e sobre as suas cabeças havia umas como coroas semelhantes ao ouro; e os seus rostos eram como rostos de homens.
E tinham cabelos como cabelos de mulheres, e os seus dentes eram como de leões.
E tinham couraças como couraças de ferro; e o ruído das suas asas era como o ruído de carros, quando muitos cavalos correm ao combate.
E tinham caudas semelhantes às dos escorpiões, e aguilhões nas suas caudas; e o seu poder era para danificar os homens por cinco meses.
E tinham sobre si rei, o anjo do abismo; em hebreu era o seu nome Abadom, e em grego Apoliom.

Passado é já um ai; eis que depois disso vêm ainda dois ais.
Quando o anjo toca a quinta trombeta, Deus da à Satanás a chave do poço sem fundo- o Abismo. Essa praga dos gafanhotos demoníacos são soltos do abismo, (Is 14.12); os gafanhotos são aterrorizantes, tem formas de cavalos, seus rostos parecem humanos, os cabelos femininos e dentes de leão, eles não são comuns, esses atacam o espírito humano; causam ferimento, mais não matam, tem couraças como de ferro e coroa de ouro, o som de suas asas é como carros e cavalos, precipitando para a guerra, tem capacidade de picar como escorpião, se alimentam do terror. Será um período durante o qual o poder destrutivo imoral do abismo será liberto, sob seu líder Abadom. Recebem ordens para atormentarem por cinco meses “os que não tem na testa o sinal de Deus”. Não poderão matar os homens, mas sim atormenta lós ao ponto de tentarem suicídios, porém fracassarão; é passado o primeiro “Ai”.
A Sexta Trombeta: O Segundo Ai 
V.13-21 O segundo “Ai” trará um tormento que matara a terça parte da humanidade; quatro anjos caídos agora são soltos das amarras que os prendem no rio Eufrates (localizado no Oriente Médio, na atual região do Iraque e da Síria), com eles um exercito de 200 milhões de soldados de cavalaria; a cena é de fogo, fumaça e enxofre; essas três pragas matam a terça parte da humanidade; com o quarto selo a quarta parte da humanidade tinha sido morta (6.8), assim sendo provavelmente somente a metade da terra permanece com vida.Provavelmente esse exercito de 200 milhões de soldados, seja o exercito do Anticristo, ajudados pelos demônios. As pessoas ainda assim em meio ao sofrimento, se comportam com Faraó; Deus enviava pragas e mais ainda ele fechava o coração e não deixava o povo ir; esse povo rejeita a Deus e não se arrependem de seus erros.
Sua irmã em Cristo Rosa Dias




(62) 9188 2681 



 

2 comentários: