Total de visualizações de página

Eventos Evangélicos

sábado, 2 de julho de 2011

Corações Indecisos II Coríntios 6.14-18


 Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?
 E que concordia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel?
 E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.
Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei;
E eu serei para vós Pai, E vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso. (Biblia de Estudo do Ensino Pentescostal)
    a.   Tempos difíceis
 A vida na fazenda não era fácil, as brincadeiras eram sadias, uma delas é que quando íamos à fazenda de minha avó materna, ali havia um enorme bananal, e onde eles ajuntavam os cachos cortados para vender, sempre restava algumas bananas despencadas, verdes e maduras, então era o meu brinquedo preferido, eu as enfileirava como se fossem membros nos bancos de uma igreja e fazia do cordão do umbigo da bananeira, o meu microfone, daí eu dirigia um culto completo para aquelas bananas, cantava, dava testemunho, pregava para elas aceitarem Jesus e ainda fazia apelo, as maduras eu trazia a frente dizendo serem as almas que aceitaram Jesus, era a brincadeira que eu mais apreciava, os pais eram super rigorosos, a obediência fazia parte do dia a dia, a ida para os cultos na vizinhança nada perto, as cobras pelo caminho, uma de minhas irmãs, (um dia ao atravessar a ponte sobre o córrego, uma Jararacuçu a mordeu e tiveram que voltar e naquela noite faltaram ao culto na fazenda vizinha);  as orações no monte no puro cascalho, não importava a idade, tínhamos que ir;  o jejum super cheio de regras, naquele tempo nem os dentes podíamos escovar e nem tão pouco cuspir, éramos bem crianças, mais tínhamos que jejuar; o forte uso e costume, a roupa repetida, o chinelo havaianas ou a konga, muitas vezes íamos à igreja, que ficava muito longe, a pé, a cavalo ou de carroça, igrejas muito longe mais cada culto era dia de festa, não havia cantinas nem espetáculo algum, nada de se misturar com pessoas não crentes, nada de festas juninas ou outras que fossem mundanas, separação total para Cristo, nada de musica do mundo, nada de danças, nada de roupas indecentes e provocantes, namoro com descrente, jamais, se isto acontecesse, era exclusão na certa; até brincar de colar pétalas de flores nas unhas era vaidade, isso era pecado, jogar bola nem pensar; jogar dama, baralho, dominó, etc. nem pensar; jamais um crente ia ao cinema, circo, teatro, etc. Assistir televisão, era proibido, e assistir  novelas então,  ficava de prova; Não era fácil ser crente, mais quem verdadeiramente nascia do Espírito, esse era muito difícil se desviar.
2. Valeu a pena seguir tantas regras?
Em meio a tantas regras nós éramos batizados nas águas ainda cedo, devido a chama viva do poder de Deus que estava em nós, éramos batizados com o Espírito Santo ainda na infância, éramos cheios de dons espirituais, uma vontade ardente de exercer cargos na igreja, a maioria dos adolescentes queriam ser missionários, hoje de 100 jovens, 2 querem ser pastores e 10 querem ser cantores, os demais querem ser profissionais de alguma coisa, aos 9 já era secretaria do departamento de senhoras, fui convidada pela pastora, pela minha disponibilidade, aos 11 me batizei nas águas,lia a Bíblia e anotava coisas para serem lembradas mais tarde, anotava perguntas Bíblicas para depois de ler todo o livro, voltar respondendo para ver o que havia aprendido, até hoje todos os anos faço anotações de encher cadernos,  lia tudo que fosse referente a Bíblia, como livros e revistas, e adquiri graças a Deus um conhecimento, ao ponto de aos 11 anos ser professora de E. B. Dominical p/ crianças, (já tenho visto alguns frutos, um exemplo disto foi uma pastora que visitou nossa igreja outro dia e me perguntou se eu me lembrava dela, eu disse não,  ela disse ter sido aluna minha ainda na infância, sendo eu ainda criança, mais lhe ensinei muitas coisas, fiquei com a alma alegre em saber que fiz algo da parte de Deus nesta terra), ainda na adolescência fui professora de jovens, e da juventude até hoje aos 42 anos, ministro para jovens e adultos, um crente não se desviava, era muito difícil, o crente tinha estrutura no Senhor. Ainda nessa faixa etária de idade o Senhor falou comigo através de um pregador que veio de São Paulo, no meio de multidão de pessoas, ele desceu do altar e veio em minha direção, eu sendo ainda criança, pôs a mão sobre mim e disse que o Senhor estava me selando com o dom da palavra e que eu iria pregar em vários lugares distantes daqui, e que eu naquela hora estava pedindo a Ele sabedoria na palavra e ele estava me capacitando, chorei muito ao ouvir tudo aquilo, pois era exatamente o que eu estava pedindo, foi a coisa mais maravilhosa que eu já tinha ouvido, parece que eu queria aquilo só para mim, e não abria mão daquela benção, aproximadamente 25 anos depois, num culto familiar, uma irmã veio até mim e profetizou: (Lembra quando ainda era criança, e me pediste sabedoria na palavra para pregar e eu falei contigo, que te enviaria, só estou te lembrando que assim farei, confirmo contigo essa promessa), o que me enche de alegria é saber que Deus sempre esteve comigo, nunca me abandonou, mesmo nos momentos de indecisão ou de fraqueza, Ele sempre me puxou para o caminho certo, e isto é maravilhoso, ter um Deus em que possamos confiar.    3.  Corações indecisos!
Tenho observado como os jovens de hoje são indecisos, um dia quer ser obediente aos pais, no outro dia, meus pais são chatos; um dia quer ser cheio do Espírito Santo, outro dia quero ser a mais bela do mundo, quero ser o cara; namoro ou fico? Caso virgem ou perco a virgindade logo? Estudo para prova ou faço cola? Falo a verdade ou faço a mentirinha do gasto? Paquero na internet ou me reservo para quem o Senhor me preparou? Uso roupa que Deus agrada ou uso aquelas que vão provocar alguém? Quero ser usado por Deus como alguém separado por Ele ou nada de unção? A maioria dos jovens de hoje, não tem na mente a profissão certa que gostaria de ser, coisa que os de outrora dizia com firmeza: Eu serei ...
Enfim “Sou crente ou não sou”?   2 Cor. 7.1 “Ora, amados, pois que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temos de Deus”. Deus tem sonhos para cada um, e o sonho dele, é o de formar líderes, pastores , cantores e mestres.   Salmo 31    [Salmo de Davi para o músico-mor]
1. Em ti, Senhor  confio; nunca me deixes confundido. Livra-me pela tua justiça.  2.  Inclina para mim os teus ouvidos, livra-me depressa; sê a minha firme rocha, uma casa fortíssima que me salve.  3.Porque tu és a minha rocha e a minha fortaleza; assim, por amor do teu nome, guia-me e
encaminha-me.  4.Tira-me da rede que para mim esconderam, pois tu és a minha força.     24.Esforçai-vos, e ele fortalecerá o vosso coração, vós todos que esperais no Senhor.                                                                           Rosa Dias



Nenhum comentário:

Postar um comentário